A 14 de Maio de 1987 foi oficialmente criada a Associação Portuguesa de Literatura Comparada (APLC), tendo a 25 de Junho do mesmo ano reunido a primeira Assembleia Geral. Os Estatutos da APLC, então publicados, identificam três grandes propósitos desta sociedade:

– a promoção e o desenvolvimento dos estudos comparatistas em Portugal;
– a institucionalização académica da área e
– a conservação e reforço dos laços internacionais estabelecidos.
Dos membros fundadores da APLC, devem realçar-se os nomes de Margarida Losa – a primeira investigadora portuguesa a obter doutoramento em Literatura Comparada (pela Universidade de Nova York e sob a orientação de Anna Balakian), a primeira investigadora portuguesa a integrar o Bureau da Association Internationale de Littérature Comparée/ International Comparative Literature Association  (AILC / ICLA) – e de Maria Alzira Seixo – que, a partir de 1985, integrou o Conselho Executivo da AILC, então dirigida por Eva Kushner e Anna Balakian.
Presentes desde a primeira hora estiveram também Yvette Centeno, João de Almeida Flor, Manuel Gusmão, signatários com Maria Alzira Seixo da escritura. À acção matricial destes investigadores se juntou porém a colaboração de muitos outros que, desde o início dos anos oitenta, nas Faculdades de Letras, em Lisboa, Porto e Coimbra, pugnavam também pela existência em Portugal de disciplinas em Literatura Comparada nos vários níveis de formação universitária: José da Costa Miranda, David Mourão-Ferreira, João Barrento, Maria de Lourdes Belchior, Fernando Martinho, João Ferreira Duarte, Helena Carvalhão Buescu, Maria Manuela Delille, Ofélia Paiva Monteiro ou Carlos Reis…
Outros se seguiram: o caminho vai sendo feito pelos que o percorrem.
Regendo a sua acção, não apenas pelos Estatutos, mas também pelo legado dos seus fundadores, a APLC oferece aos associados:
– a difusão e o apoio a actividades que promovam os estudos literários de índole comparatística,
– a promoção e divulgação dos cursos em estudos comparatísticos, nos vários centros de investigação existentes em Portugal
e no estrangeiro, e
– a visibilidade das actividades nacionais no quadro da AILC/ICLA, na qual os sócios
nacionais se encontram simultaneamente associados.
Dando regularmente forma a estes objectivos da APLC, foi sendo editada a Revista Dedalus, cujo primeiro número foi publicado em 1989, ano também do I Congresso Internacional de Literatura Comparada em Portugal (Lisboa e Évora).
O logótipo da APLC, criado a partir de um desenho de Manuel Gusmão, representa o projecto desta associação em prol da Literatura Comparada. Desde o conceito de Weltliteratur, usado por Goethe em 1827, ao de Literatura-Mundo, retomado por Helena Buescu, em 2013, a Literatura Comparada vai-se definindo como consciência de uma tensão permanente entre o “universo” e o “diverso”. Uma forma de entendimento da investigação literária “que se ocupa do estudo sistemático dos conjuntos supranacionais”. “Afã, desejo”, “exploração”, actividade em confronto com outras actividades (de diferentes tempos, espaços, textos, ou artes), reflexão ponderada sobre “a metamorfose de géneros, formas ou temas” (Claudio Guillén).
Simbolicamente, entre dois mundos, a poética cartográfica de um investigador “em deslocação”.
A Direcção 2013-2016.

International Comparative Literature Association

Association internationale de littérature comparée
  • The Minutes of the meeting of the Executive Council 2017 are now available. Click below to view them. Bulletin XXXVII – Minutes of the 2017 meetings Bulletin XXXVII – Procès-verbal des réunions de 2017
  • The current volume of Recherche littéraire is now available here.   
  • The Minutes of the final meeting of the Executive Council 2013-2016, of the first meeting of the new Executive Council for 2016-2019, and of the two General Assembly meetings held at the Vienna Congress, July 2016, are now available. Click below to view them. Vienna minutes, July 2016 (English) Compte...
  • The current volume of the AILC/ICLA’s review journal is now available here.
  • The minutes from the 2014 Executive meeting in Beijing are posted. Click on the link below to view them. Beijing Minutes
  • In 2014 the Research Committee on Scriptural Reasoning and Comparative Literature held the following conferences to foster and support the spirit of scriptural reading and thinking among Chinese scholars. March 17–19, 2014, the conference on Constructions of East and West: Translating Classical Texts, with a special focus on the variation...

CEHUM

Centro de Estudos Humanísticos da Universidade do Minho
  • Encontra-se aberto, até dia 15 de maio de 2018, o Call for Papers para o evento Techling 18. O evento realiza-se de 2 a 4 de outubro de 2018 na Universidade Autónoma de Lisboa. Organização conjunta CEHUM, UAL, Universidade de Bolonha e Universidade da Corunha, com realização anual itinerante entre as 4 instituições. Mais informações no website do evento.
  • Realiza-se no dia 22 de março de 2018, pelas 14h, no Auditório ILCH, o Seminário CEHUM "Ramón del Valle-Inclán y la caricatura (De los reflejos dibujados de la máscara autorial a los mecanismos de la escritura esperpéntica)". Por Amparo de Juan Bolufer (Universidade de Santiago de Compostela). Organização: Grupo G2i. Entrada livre.
  • Realizam-se nos dias 12 de abril e 10 de maio de 2017 Seminários Doutorais "Work in Progress". Com Daniel Tavares; Lívia Vivas; Célia Novais; Tânia Azevedo (CEHUM). Programa em anexo. Entrada livre.
  • No próximo dia 15 de Março vai realizar-se na Universidade do Minho um workshop de jovens investigadores na área dos Estudos Alemães, promovido no âmbito das Jornadas do Departamento de Estudos Germanísticos e Eslavos da UM. Este evento, coorganizado pelo CEHUM, conta ainda com o apoio da Embaixada da Alemanha e da APEG (associação Portuguesa de Estudos Germanísticos). O workshop será precedido de duas conferências proferidas por dois docentes presentemente em mobilidade na Universidade do Minho. http://dege.ilch.uminho.pt/evento/palestras-de-professores-visitantes-erasmus/ A encerrar esta jornada terá ainda lugar uma conferência de encerramento por Cláudia Ninhos (UN Lisboa, Prémio Victo de Sá de História Contemporânea) sobre Os Trabalhadores Forçados Portugueses no III Reich.
  • Realiza-se no dia 21 de fevereiro de 2018, pelas 11h, no auditório ILCH, mais um Ciclo de Seminários CEHUM com os temas "Fernando Pessoa e os estudos pessoanos na Universidade de São Paulo" (por Caio Gagliardi - Universidade de São Paulo) e "O drama estático de Pessoa para além do simbolismo" (por Flávio Penteado - Universidade de São Paulo). Entrada livre.
  • Encontra-se a decorrer, até dia 1 de abril de 2018, a chamada de artigos para a Revista Diacrítica volume 32.2, com o tema "Corpora nas Humanidades Digitais". Mais informações no website da revista.